Alfredo de Freitas Branco e o Integralismo Lusitano

  • Sílvia Gomes

Resumo

Este artigo pretende evidenciar a ligação de Alfredo de Freitas Branco ao Integralismo Lusitano, um movimento que surgiu em Portugal, no início de 1914, de matriz antiliberal, cujo programa fundamental estabelecia, entre outros aspectos, o regresso a uma Monarquia tradicionalista, centrada na figura do Rei.
Neste sentido, procuramos apresentar um breve enquadramento histórico do Integralismo Lusitano e alguns aspectos essenciais do seu desenvolvimento doutrinário e político, sobretudo no primeiro quartel do século XX, o seu período de maior influência.
Em articulação com a história do movimento, abordamos a acção de Alfredo de Freitas Branco, enquanto membro do Integralismo Lusitano, destacando o seu contributo na formação e propagação do projeto integralista.


Palavras-chave

Alfredo de Freitas Branco; Integralismo Lusitano; Monarquia; Doutrina.

Publicado
2020-10-06
Edição
Secção
Artigos / Ensaios