O Inventário Pessoal do Governador Diogo de Azambuja e Melo (c. 1530-1599): Pistas para a Carreira e Formação de um Governador do Império Ultramarino Português nos Séculos XVI e XVII

  • Cristina Trindade
  • Rui Carita

Resumo

Diogo de Azambuja e Melo foi um governador da Madeira de finais do século XVI, cargo com que encerrou uma longa carreira no império ultramarino português, e que ocupou já ao serviço da monarquia dual.
O exercício insular da função teve de dar resposta aos vários problemas que a nova situação política exigia, mas o facto de a Madeira ter sido o seu último posto veio permitir que nele realizasse um inventário revelador não só do seu itinerário geográfico e percurso político, mas também de aspetos curiosos relacionados com a sua formação e interesses.
O referido inventário, longo e discriminado, constitui, assim, um documento singular, porque raro, e um privilegiado posto de observação da vida de um membro da elite administrativa e militar do império.


Palavras-chave

Diogo de Azambuja e Melo; Governador; Império, Ilha da Madeira, Inventário.

Publicado
2019-06-06
Edição
Secção
Artigos / Ensaios