O Movimento Sindical na Ilha da Madeira através dos Arquivos da CGTP-IN

  • Filipe Caldeira

Resumo

O património documental e museológico do movimento operário e sindical português, incluindo o da Região Autónoma da Madeira (RAM), é geralmente pouco conhecido. Cabe às organizações detentoras deste património assumir um papel de maior dinamismo no seu tratamento, na sua divulgação, alertando complementarmente para a urgência de uma acção mais determinante por parte das entidades estatais competentes no sentido de o identificar, conhecer e proteger.
Este contexto enforma o texto que apresentamos, na medida em que pretende contribuir para divulgar os fundos documentais custodiados pela Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP-IN), em especial aqueles que podem servir de base ao estudo do movimento sindical na RAM e da sua relação com esta confederação sindical. A pesquisa incidiu sobre o arquivo dos departamentos de Coordenação Geral e Organização Sindical da CGTP-IN e a Colecção Manuel Lopes, não tendo sido contemplados os acervos à guarda da estrutura sindical na RAM.
A gestão deste património é uma incumbência do Centro de Arquivo e Documentação (CAD) da CGTP-IN, pelo que finalizamos o texto com um enquadramento histórico e orgânico deste serviço.


Palavras-chave

CGTP-IN; Centro de Arquivo e Documentação; Movimento Sindical na Madeira; Movimento Sindical Unitário; Património Documental e Museológico; CAMSI; USAM.

Publicado
2019-06-06
Edição
Secção
Artigos / Ensaios